Ads 468x60px

Nutrição - Pirâmide

Médicos espanhóis elaboram um novo guia com todos os hábitos que zelam pela integridade e pelo funcionamento do aparelho digestivo. Será que você anda cuidando bem dele?

Um plano para que estômago, intestino e companhia trabalhem no ritmo certo e não sofram doenças ao longo da vida — eis a proposta da Pirâmide do Bem-Estar Digestivo, uma iniciativa recém-divulgada pela Federação Espanhola do Aparelho Digestivo.

Inspirada na tradicional pirâmide alimentar — que elenca as necessidades nutricionais em ordem crescente —, a versão focada na digestão vai além das orientações sobre o cardápio, abordando atividade física e estado emocional. “É que o estresse está associado a males como refluxo, gastrite e constipação”, concorda o gastroenterologista Vladimir Schraibman, do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

No bloco da nutrição, destaca-se o consumo dos leites fermentados enriquecidos com bactérias do bem. “Essa pirâmide parece direcionada a melhorar a flora intestinal, cada vez mais valorizada como protetora do organismo”, opina Durval Ribas Filho, presidente da Associação Brasileira de Nutrologia. A ideia espanhola recebeu elogios, mas é preciso lembrar que nem todo mundo pode segui- la à risca. “Pessoas com intolerância à lactose, por exemplo, devem tomar cuidado com a ingestão de iogurtes e outros derivados do leite”, diz Schraibman.

NUNCA
A pirâmide condena o cigarro, cujas toxinas danificam todo o sistema digestivo, e o uso constante de laxantes, que desequilibram a flora intestinal. Recomenda, ainda, contra-atacar o estresse e a ansiedade, que favorecem o aparecimento ou a piora de várias doenças. E prega a moderação nas gorduras, que tornam mais lenta a digestão e, em excesso, favorecem o câncer.

REGULARMENTE
O guia preconiza o controle do peso, já que a obesidade e o sedentarismo caminham ao lado de diversas ameaças ao aparelho digestivo. Também orienta visitas periódicas ao banheiro — nada de segurar ou adiar a vontade. Se possível, reserve um tempinho depois das refeições. O importante, de qualquer forma, é ficar na média: de uma vez a cada dois dias até três vezes diárias.

A CADA DOIS DIAS
O plano espanhol sugere o consumo de legumes levemente refogados e, nos lanches da tarde, saladas de frutas ou iogurtes salpicados de frutas secas e granola. Ainda indica exercícios como caminhada, corrida e natação — e é melhor realizá-los pelo menos dez minutos ao dia do que deixar para fazer uma hora por semana.

TODO DIA
Há uma forte recomendação para o consumo de frutas frescas e, sempre que possível, com casca. Assim como verduras cruas ou cozidas, temperadas com azeite de oliva, e arroz e massas integrais. Tudo isso garante boas doses de fibras, que incentivam o trabalho do intestino, e de antioxidantes, que preservam as células do aparelho digestivo. Além disso, vale tomar entre oito e dez copos de água todo santo dia ou, se preferir, beber chás e sucos naturais. Por fim, são aconselháveis pelo menos 30 minutos de caminhada — dá até para incluir na conta os lances de escada que podem substituir o elevador.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Blogger Templates